segunda-feira, 23 de maio de 2011

A Borboleta e o Anjo...

Voava hoje
Sentia o vento em minhas asas
Em meu rosto, como um doce carinho
De repente uma brisa perfumada
Vi um anjo no topo de um edifício muito alto
Tinha um jardim neste edifício
Cheio de plantas e flores, muitas flores
De todas as cores
Entendi de onde vinha o perfume
A concentração do anjo me chamou a atenção
O que ele olhava?
Fui até lá e pousei em sua asa, mansamente
Percebi então que ele nos admirava
Admirava os seres humanos e sua complexidade
Com uma quase inveja
Observava-nos em nossos escritórios
Em nossas casas, na rua, em todos os lugares
Eu percebi o seu encanto 
Vendo-nos rir, gargalhar
Nos molhar com a chuva
Nossos medos, nossas alegrias,
Nossa música
Nossa raiva nos momentos de frustrações
Se encantava com as lágrimas que corriam nos rostos de quem sofre por amor
O brilho intenso nos olhos de quem está apaixonado
Tentava entender nosso ingênuo romantismo
Em "amar alguém com toda certeza do sofrimento
E mesmo assim achar bom, necessário"*
Olhava fascinado a emoção de quem segura o filho nos braços pela 1ª vez
No amor que uma mãe ou um pai sente por seu filho
Queria sentir tudo aquilo
Raiva, dor, amor, frustração, alegria, felicidade
Gostaria de ser humano mesmo que por um momento
De repente ele se jogou em um voo rasante
Eu pousei em uma flor e continuei a observar
Ele voava entre prédios e casas rapidamente
Neste momento ele conseguia sentir as vibrações de todas aquelas emoções em suas asas
Batia-as forte...de olhos fechados...
Assim e somente assim e naquele momento se sentia um pouco como nós
Queria chorar por sentir todas aquelas emoções em suas asas
Mas não era capaz
Voou e sumiu nas nuvens
Agradecido, iluminado
Bjs
Borboleta

* Frase extraída do blog de um amigo querido - www.cotidianodoalexhoje.blogspot.com

15 comentários:

  1. Querida Borboletinha...
    A energia amiga e protetora.
    A alegria contida pelo amor e pelo cuidado maior.
    Sim, os anjos...
    Anjos sentem e se fazem sentir.
    Anjos amam, abraçam e se fazem sorrir.
    Sorrir, por nosso amor vivido e pela imaginação
    querida, por nossa liberdade profunda e por
    nossa bonita expressão afetiva.
    Anjos amam e sentem...
    Anjos voam entre o nosso amor e protegem
    com mel, o nosso maior sentimento.

    Terra de homens e anjos...
    Lugar de amor e descobertas.

    Lindo texto, meu anjo... Adorei.

    Um beijo muito grande,
    Maü Cardoso.

    ResponderExcluir
  2. que lindo voo!!.. de encantar..
    beijos perfumados querida

    ResponderExcluir
  3. Uma delícia este texto.
    Ler vc é sempre muito bom
    um beijao
    ps. Estou fazendo alguém feliz. E vc?

    ResponderExcluir
  4. Olá Borboleta!!

    Você chamou e eu vim.

    Falar em sensibilidade?... Sempre que entro em seu blog me encanto. É fácil descrever uma emoção, é fácil sentir externar o que se sente- fazer com que o leitor sinta, emocione-se é o grande barato e isso você consegue!

    Eu também adoro ler você!

    Um beijo enorme daqueles que só os Poetas conseguem, na Alma!

    Vinicius.C

    ResponderExcluir
  5. Um lindo encontro entre dois seres igualmente lindos, a borboleta e o anjo, traduzido num doce ppoema. Essa borboletinha sabe voar. Beijos e parabéns

    ResponderExcluir
  6. Borboletas,

    muito lindo o poema.
    É emocionante ler algo assim. Faz bem para a alma e o coração...
    Parabéns!
    Suzana Drummond

    ResponderExcluir
  7. Seu blog é lindo!
    Visite o meu e se gostar passe a seguir.
    Aqui:
    http://umalampadaacesa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Adorei. Ah, como é bom ler o teu blog!

    ResponderExcluir
  9. ola colega venho atraves desta te deseja um belo fim de semana fica com deus http://janduiscultura.blogspot.com/

    seu amigo lazaro

    ResponderExcluir
  10. Borboleta...
    Excelente escolha para postar!
    Lendo esse texto, posso saber que
    devo intensamente sentir a minha vida,
    e não apenas passar por ela.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Borboleta ( humm adoro esse nome)
    que lindo poema, nada como voar em suas asas
    bjos
    Milton

    ResponderExcluir
  12. "Eu sou uma borboleta, pequenina e enfeitiçada, ando no meio das flores, procurando quem me queira!"
    Hei Sweet Buterfly, este texto/poema, me fez refletir, será mesmo que os anjos nos invejam ,por termos sentimentos?
    Quem saberá?
    Esta é uma das muitas perguntas que afligem a humanidade.
    Mas por enquanto, não vou ficar conjecturando, procurando respostas, para muitas questões da vida.
    Vou mesmo trabalhar com a certeza, e o presente maior da vida, que é de poder apreciar os teus poemas, tão sensiveis, tão poeticos e tão verdadeiros.
    Que a cada leitura me faz viajar, questionar e principalmente refletir, sobre a minha própria condição humana!
    Muito obrigado, a propósito fiz uma pequena homenagem do teu relevante espaço e a tua maravilhosa pessoa, em meu blog.
    Espero que goste, te adoro, te admiro e te estimo de montão!
    Voe borboleta, voe o mais alto que poder e mostre me o caminho da felicidade absoluta!
    Paulo RK NAMASTÊ!

    ResponderExcluir
  13. Olá Borboleta!!

    Que vc tenha uma ótima tarde meu amor!

    Ta vendo- estou voltandoooooo... rs

    um beijo na Alma!

    Te espero no Alma1

    ResponderExcluir
  14. Nossa que belezaaaa! Lindo de viver!
    Amei!
    Amei !
    Amei!

    Bjus querida borboleta!

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde!
    Que belíssimo poema.
    Sim os anjos são lindos e cobertos de amor.
    Amor que nos ensina a ver o que é de mais belo dentro de nós seres que caminham em busca da perfeição humana, para ver o Divino dentro do nosso ser existir.
    Tenha uma linda tarde, coberta de muita alegria.
    Abraço Amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir

Comentário dos que voam comigo...